Quais são os tipos de TDAH e como identificá-los?

A discussão sobre o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) tem ganhado destaque na mídia pela ampla divulgação de sites e blogs que orientam pais e profissionais. A informação que o público adquire é bastante relevante, considerando que as técnicas utilizadas pelos especialistas estão ajudando as famílias no tratamento do distúrbio.

Há que se lembrar, no entanto, que o material disponibilizado nesses meios vem, geralmente, de pessoas ligadas aos casos que envolvem o TDAH, sejam eles médicos ou pais de crianças diagnosticadas com o transtorno, por exemplo. Contudo, é importante salientar que quando o assunto é saúde, toda e qualquer generalização pode ser perigosa.
Sendo assim, o artigo de hoje vem explicar aos leitores quais são os tipos de TDAH e como pode ser possível identificá-los. Lembre-se que o melhor meio de cuidar de suas crianças é a informação.

TDAH (tipo desatento)

Este grupo é caracterizado por aspectos conhecidos pela maioria das pessoas, tendo a desatenção um dos pontos mais lembrados. Mas não é somente isso: percepção de passagem de tempo, dispersão em tarefas que exigem grande concentração, distração, entre outros.

Além disso, vale salientar que as características são muito mais comuns que se pode imaginar. Veja quais elas:

  • Dificuldade para se concentrar em aulas, livros e palestras (geralmente, as pessoas acometidas pelo TDAH tipo desatento não terminam a leitura de um livro; ou só quando o assunto desperta total interesse).
  • A pessoa se distrai com qualquer estímulo externo (barulho, objetos, imagens).
  • Dificuldade de se organizar, tanto objetos de seu cotidiano como a própria noção de tempo.
  • Distração em conversas.
  • Outros.

TDAH (Tipo hiperativo-impulsivo)

Este grupo, por sua vez, é marcado pelos sinais que caracterizam o jeito mais agitado de ser. Uma pessoa que é diagnosticada com TDAH hiperativo-impulsivo, geralmente, é aquela que pode perturbar o ambiente a que está inserida, como a sala de aula, por exemplo.

Outras características que podemos trazer ao artigo é a inquietação, impaciência em ouvir uma pessoa e para muitas coisas que necessitam de tempo; e mais:

  • Gosto por falar (muitas vezes sem algo objetivo, sem um foco).
  • Temperamento explosivo, tendência a vícios (bebidas, drogas e jogos).
  • Intolerância a erros (cometidos tanto pela pessoa quanto por outros).
  • No campo da sexualidade, a pessoa pode ser instável, sendo que haverá períodos de grande desejo sexual e períodos de pouca libido.
  • Outros.

    TDAH (Tipo misto/ combinado)

    Por último, o TDAH misto. Ele se constitui como a junção dos dois tipos mencionados acima, sendo que a pessoa pode manifestar características que correspondam ao lado mais distraído e ao mais impulsivo. No entanto, é importante ressaltar que as crianças mais novas tendem a mostrar a hiperatividade como característica. Ao longo da vida, as pessoas diagnosticadas com o TDAH podem ficar mais distraídas. Claro que tudo isso depende de pessoa para pessoa.

    Ajuda profissional

    Para que o paciente receba o tratamento ideal para o seu caso, é pertinente lembrar que somente com a avaliação médica, o diagnóstico pode ser dado.

Artigos Relacionados(as)

ENCAMINHE POR EMAIL

Todas os artigos

ENCAMINHE ESSA NOTÍCIA POR EMAIL

Formulário de Proposta

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Facebook Twitter