Instituto Indianópolis

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eismod colore yes www.indianopolis.com.br

Animais ajudam no dia-a-dia de pessoas com deficiência mental (intelectual)

O comportamento do cão é o que facilita o aprendizado dos assistidos

21/06/2012 - INSTITUCIONAL
Vestir as próprias roupas ou mesmo pentear os cabelos eram tarefas difíceis, quase impossíveis, para Eliane Pereira Ruiz, de 16 anos. A história dela e de outros 110 alunos de um centro de educação para pessoas com deficiência mental ( intelectual) intelectual em Ribeirão Preto (SP) começou a mudar há dois anos, com a chegada de Billy, um cão da raça golden treinado para Terapia Assistida por Animais (TAA).

Profissionais do centro relatam que os alunos têm dificuldade para expressar desejos e necessidades e ficam frustrados quando não conseguem se comunicar. Acabam desistindo de tentar compreender coisas simples, como a importância de vestir um par de meias quando a temperatura está baixa. Mas quando Billy é usado como modelo, tudo muda. "Se nós colocamos a meia no cão porque está frio, eles entendem que também devem fazer isso", explicou a fisioterapeuta Daniele Parada.

Preparado para o trabalho, o animal reage aos estímulos dos alunos, não demonstra indiferença e é carinhoso com todos. Esse comportamento do cão é, segundo Daniele, o que facilita o aprendizado dos assistidos. Para Eliane, porém, a explicação para a vontade de pentear, vestir e ajudar Billy em qualquer tarefa é bem mais simples. "Faço porque eu gosto dele".

Fonte: G1.globo

Notícias relacionadas

Todas as notícias

ENCAMINHE ESSA NOTÍCIA POR EMAIL

Formulário encaminhar notícia

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS